0

Cerveja Weiss – Calinor – Garrafa 500 ml

R$27,99

ou 5x sem juros de R$5,60

Consultar prazo e valor do frete:

Descrição

O Povo que Canta.

A oeste de Amon Tir se encontra uma região que poucos conhecem e que bom que seja assim! Graças a isso, este pode continuar sendo o lugar mais alegre de toda da Terra Leste. Conhecida como o Condado de Calinor nela mora o “povo pequeno” também conhecido como “o povo que canta”, “Pés compridos’ ou na língua dos elfos, Andals. É uma região feita de vilarejos com belos campos de grama verde e bosques da mesma coloração. 

É um povo cuja raça é bem menor em estatura do que os homens, porém não têm o porte robusto dos anões. Quando caminham não fazem barulho, quase não deixam trilhase são muito hábeis em se esconder. Eles vivem em sua maioria em buracos ou tocas embaixo da terra ou mesmo dentro de pedras, estão sempre em harmonia entre si, mas desconfiam de estranhos, principalmente os de outras raças. Apesar de viverem serenamente, adoram uma festa com muita música,  dança e banquetes, porém, este relato aqui feito não é para descrevê-los pois, talvez, já os conheçam do Oeste, onde possuem fama inestimável. No Leste, quando  existe qualquer tipo de problema eles cantam até achar a resposta e quando não possuem mais voz, eles bebem ou fumam. Em Calinor, que em élfico significa “Terra verde do povo que canta” também é o refúgio daqueles que são os símbolos de toda a Terra Leste. Em Calinor, que em élfico significa “Terra verde do povo que canta” também é o refúgio daqueles que são os símbolos de toda a Terra Leste. Dizem os viajantes aventureiros que não há nascer do Sol mais belo que nestas terras e a muito, uma parte dos Carneiros, os mais amistosos, foram viver nesta região.

Rauchweizen

Conhecida como a protetora do frio das 4 cervejas deste reino.

Em invernos, esta cerveja é bebida em segundos desjejuns, elevenses, almoços, chás da tarde, jantares e ceias, e muito frequente, nos períodos que existem entre estas refeições dos Andals, os pequenos do Leste! Com maltes defumados com  a ajuda das melhores lenhas de Macieiras da trinca d’água de Calinor, é claramente perceptível a presença de aromas e sabores de seus melhores bacons e linguiças, igualmente defumados. O segredo, além disso, está na mistura do trigo da região sul deste pequeno povo, o que ajuda aos Andals à saciarem sua fome.

Esta obra prima, que é produzida somente no inverno, possui apesar de sua composição, um corpo muito leve com coloração dourada como o trigo e baixo teor mágico (4,8%). É considerada uma cerveja levíssima e facílima de ser bebida. Talvez por isso os Andals andem com seus cantis sempre cheios durante o período de frio.

Entrar na lista de espera Nós iremos te enviar um email notificando quando o produto retornar para nosso estoque.
Email Não compartilharemos seu endereço com mais ninguém.